Noites na Cidade: Divagações de uma jornalista brasileira em Londres.

Divagações e devaneios de uma carioca em Avalon

Mon
7
Jul '08

De volta aos quadrinhos


Mood: Nostálgica
Music: Wasted Years, Iron Maiden

Por algum motivo inexplicável, quando eu estava em Nova York não resisti à tentação e comprei as quatro edições encadernadas da série Astonishing X-Men escrita por ninguém menos que o roteirista favorito da nerdaiada, Joss Whedon (responsável por Buffy e Firefly, entre outros).

Não leio quadrinhos regularment há vários anos, mas os X-Men sempre foram os meus preferidos dentre os muitos heróis da Marvel. Comecei a perder o tesão quando as infinitas mortes e ressurreições dos personagens começaram a passar dos limites aceitáveis (se é que estes existem!), e parei de ler de vez antes de sair do Brasil. Desde então, comprei uma ou outra mini-série, em geral da Vertigo e outros quadrinhos adultos tipo Maus (se você não sabe o que é mais, compre e leia ontem!).

Comecei a ler a primeira TP (trade paperback, para os não-iluminados) antes de dormir, esperando cair no sono rapidamente. Ledo engano: as horas se passaram e as quatro edições foram devoradas numa noite insone mas extremamente gratificante, que terminou com lágrimas pela triste conclusão da série. Não vou contar detalhes, obviamente, mas me emocionei de verdade com a envolvente e interessante trama, em especial por rever aqueles personagens adorados que há muito eu havia abandonado.

Whedon não vai mais escrever para a série, cujo comando passa pro também excelente Warren Ellis. Estou tentada a continuar acompanhando a saga dos meus mutantes queridos, mas isso provavelmente irá requerer comprar três ou quatro títulos diferentes mensalmente, e como mal tenho tempo pra ler/assistir/curtir meus vários interesses nerds no momento, acho que vou ter que desistir e esperar por novas TPs pra matar a saudade.

1 devaneio »

One Response to “De volta aos quadrinhos”

  1. Marcus Says:

    Pois é, esse negócio de mortes e ressurreições de super-heróis, que as editoras acham que vai chamar público, na verdade afasta.

    Eu também não tenho comprado quadrinhos de super-heróis por causa disso (era apaixonado antigamente, e comprava literalmente tudo que saía da editora Abril).

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.